Demo Blog

Rei do Rock.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Com seu estilo único e até hoje é lembrado por milhões de fãs, quem diria que aquele jovem sonhador ia se tornar um mito do rock, tudo isso graças a seus sonhos, a sua perseverança e vontade de vencer, Elvis foi mais que um música, Elvis, foi uma lenda.

"Fofocas são apenas palavras pequenas vindas de mentes pequenas"
Elvis Presley.


Personalidades que mudaram o mundo #3
0 comentários more...

2000 posts on tumblr.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

  Parece que foi ontem, enquanto eu digitava textos no meu blogspot, eu recebia comentários de um tal tumblr, um espécie de blog que funcionava de uma maneira diferente e mais fácil para os usuários, então, eu, já muito ocupado com meu blogspot, resolvi criar um tumblr pra mim, e meu primeiro post foi um discurso revoltado, que pedia pra que não me encomodassem, que o tumblr era meu e eu iria fazer as merdas que eu quisesse, não iria aceitar críticas e não gostaria que ninguém viesse falar comigo, passou julho, entramos em agosto, e quando chegava setembro o tumblr já era algo indispensável em minha rotina, e eu fui conhecendo pessoas maravilhosas, fui fazendo amigos e amores aqui, levando uma lição de vida a cada texto que eu lia, e recebendo elogios aos meus humildes textos, quem diria, eu me encantaria com os elogios que um dia eu nunca quis receber, entenderia as críticas que eu sempre odiei ouvir, e aprendi com cada pessoa que eu conheci aqui e tive um contato mais próximo, hoje eu continuo com alguns pensamentos de quando entrei aqui, tenho poucos seguidores e talvez, quem realmente eu queira que leia isso, não irá ler, meus textos alguns foram elogiados, outros criticas, mas isso não me faz parar de escrever, eu chego nos meus 2000 posts, querendo mais, muito mais, se em julho, no meu primeiro mês aqui eu tive 60 postagens, em novembro tive 760, isso só representa toda minha vontade de continuar aqui, de continuar somando da maneira que posso e sei, para cada um de vocês que lê meus textos e acompanha meu tumblr, especialmente pra vocês, que eu deixo o meu muito obrigado !

abaixo eu farei alguns agradecimentos especiais somente para os tumblr's que eu tive um contato mais próximo.

 Começar os agradecimentos aqui, primeiramente agradecer a Larissa Lima que é um amor pra mim, um presente, tudo mesmo, foi algo que eu sempre procurei encontrar e encontrei logo aqui, infelizmente mesmo, a distância nos separa por demais. A Caroline Krone é outra menina que eu tenho muito a agradecer por todas as conversas que tive, é uma pessoa fantástica. Talita Santos que tem o melhor abraço do tumblr, e que passa puro sentimento através do seu tumblr. A Bruna Amaro que me acompanhou e me ajudou muito na foto desse post e em outros momentos que precisei, obrigado bruninha, também vou citar alguns tumblr's que eu admiro demais. O N.Martins que pra mim, tem uma mente fantástica, aberta a idéias brilhantes, tem o melhor formato de texto dos nomes que eu sigo na minha opinião, a Taynara Alves que foi a primeira pessoa do tumblr que eu tive contato e tenho um carinho muito grande, o Engelberg com textos polêmicos e ideias muito interessantes, Natália que sinceramente, posta as melhores fotos *-* e a Amanda Adona que tem um tumblr que posta coisas perfeitas pra quem é apaixonado por Beatles, e tem um estilo, um jeito, que eu admiro muito em mulheres, agradecer muito também aos meus amigos pessoais que tem tumblr, Gui Biazotto que tem ideias muito parecidas com a minha, Bovo FernandezAlessandra SchmitzLarissaYohana FrainerLouise RadtkeAninhaThayna Fagundes, o pessoal do Meninas e Meninos que tem um projeto MUITO BACANA e a todos que de certa forma, me encantaram aqui no tumblr ou que por pura desatenção minha, esqueci de mencionar aqui. que venha mais 1000 posts.
2 comentários more...

mente trabalha (...)

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 E quando eu estou deitado na cama, ou embaixo do chuveiro minha mente parece ser um turbilhão de sentimentos pedindo para serem colocados para fora, parece que são os momentos em que eu fico mais sincero, mais próximo de me encontrar, enquanto nosso corpo relaxa, nossa mente trabalha e trabalhar pesado para nós encontrarmos quem realmente somos, então, em um desses dias, eu entendi que é necessário se perder pra se encontrar. 
0 comentários more...

loucura no roteiro.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Eu realmente achava que nós estávamos perdendo nosso instinto jovem, aventureiro, de querer uma emoção nova a cada dia, então saímos da Inglaterra meio desanimados mas disposto a fazer da nossa passagem pela Alemanha a mais louca possível, e ao chegarmos em Berlin, as primeiras aventuras já nos aguardava, estávamos bem de dinheiro mais uma vez e encontramos duas brasileiras de São Paulo em um dos pub's mais movimentados da capital alemã, e como eu me lembro dessa noite, foi inesquecível, impossível descreve-la, é uma das coisas que só acontece uma vez na vida, e continuamos, não estávamos nos preocupando muito com trabalho, era festa todo dia, porres, bares lotadas, as alemãs nos encantavamos, corríamos de seus namorados quase toda noite, nossa adrenalina estava lá em cima novamente, más era hora de continuar sonhando, Pedro tinha o sonho de conhecer a Itália, e então partimos para lá, meio que só de passagem, e eu deixava a Alemanha, na bagagem ? nada de lembrancinhas, eu levava as melhores noites da minha vida.

Contos "Ainda era cedo..." capítulo 7 de 12.
0 comentários more...

crazy.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 E não tinha-se muito o que esperar da Itália, só viajei para o pais da bota, por grande consideração a meu amigo Pedro, de família com descendência italiana, ele sempre sonhou conhecer a Itália, e lá se foram 2 meses, corremos a itália inteira, de moto novamente, mas decididamente, aquele país não fazia bem para nosso instinto jovem e aventureiro, saíamos, rumo ao leste europeu, não sabíamos o que nos aguardava por lá.
 Acho que fomos insanos demais durante nossa passagem pelo leste europeu, mulheres, bebidas, tudo o que aconteceu na Alemanha, só que com menos responsabilidade, logo na Romênia encontramos outros dois amigos nossos e nos envolvemos em uma grande mesa de poker, eu ainda era confiante, pois havia ganhado muito dinheiro em Las Vegas, dois anos atrás, mas agora as coisas mudaram, a sorte virou e em uma noite perdemos mais de 3000 Euros, detestável para nossa economia, que ficou complicada, ainda mais porque no vôo de Bucharest para o interior da Polônia, fomos abordado no aeroporto, alegaram que nosso visto não estava em dia, e perdemos mais 500 Euros para legalizar nossa situação na europa, estávamos mal de dinheiro mas não queríamos trabalhar, após uma rápida passagem pela Polônia, continuamos a trilhar o leste europeu e fomos parar na Ucrânia, onde assistimos o principal clássico de futebol do país, e como tudo nessa louca viagem vem acompanhado de adrenalina, nos metemos em uma briga, pois provocamos sem querer os torcedores rivais do Shaktar Donetsk, então corremos, fugimos, e fomos passar nossos ultimos 3 meses na Europa, em solo russo...

"Ainda era cedo..." Capítulo 8 de 12.
Alan Medeiros.
0 comentários more...

sobre pedras no caminho.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

  Um menina subia diariamente uma montanha próxima de sua casa, quando após uma tempestade várias pedras se soltaram do morro e trancaram a caminhada diária do menino, ele então desanimou e por quase um ano deixou de subir a montanha, tempos depois o menino teve a ideia de levar um martelo para tirar a grande pedra que havia se instalado bem na metade de sua trilha, então o menino chegou e martelou-a fortemente, sem sucesso. novamente ele desanimou e ficou um tempo sem se aproximar da montanha, mas após um instante de lucidez o menino resolveu criar uma trilha alternativa, que desviasse das pedras, e enfim, ele teve sucesso.
 A moral da história é que você não vai resolver seus problemas desistindo deles ou com a força. irá resolve-los caso se dedique para racionalmente chegar a melhor solução.
0 comentários more...

Homens também choram.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Meninos amam, sofrem, choram, muitas vezes, perdemos noites de sono pensando em vocës, sim nós ligamos para os nossos melhores amigos pra contar que brigamos com vocës, nós ligamos pra eles pra desabafar, a única diferenca entre meninos e meninas, é a nossa imensa fragilidade e dificuldade de colocar isso pra fora, acreditem.
3 comentários more...

vou ser sincero.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

Eu vou ser sincero mais uma vez e espero que dessa vez me entendam, eu não faço elogios falsos pra deixar uma pessoa feliz, eu não gosto de conversar com pessoas que não tenham assuntos interessantes para debater, eu não fico dando risadinhas pra parecer que eu estou de bem com a vida, eu não gosto que falem o que eu tenho que fazer ou deixar de fazer, acordo mal humorado, não cumprimento quem não gosta de mim, sou grosso várias vezes durante ao dia, mas apesar de tudo isso demonstro todo meu amor as pessoas que me amam.
0 comentários more...

eu; sem nada a mais.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

Resolvi escrever um pouco sobre mim, e cheguei a poucas conclusões, eu acho que falar sobre a gente é mais complicado, se você pegar os grandes escritores da história, vai descobrir que poucos fizeram auto-biografias, é mais fácil falar sobre sentimentos, pois você apenas sente, falar sobre você é literalmente ficar nú em público, no fundo no fundo ainda temos o medo de nos abrir por inteiro, contar nossa história, abrir nossos desejos, temos medo de não estar dentro do padrão, sim, nós temos medo, não adianta falar que não.
2 comentários more...

estrada dos sonhos perdidos.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

Não deixe que seus sonhos fique na estrada dos sonhos perdidos, corra, lute, vá atrás, só você pode alcançar seus objetivos, embora tudo pareça nublado, no final o céu azul estará lhe esperando.

2 comentários more...

o mundo dos sonhos.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Os sonhos parecem tão reais enquanto vivenciamos eles, eles são nossa melhor maneira de viajar e de conhecer um mundo surreal, somente depois que acordamos e os analisamos percebemos que de fato havia algo muito estranho ou fora do comum sendo construídos em nossas mentes enquanto repousávamos.
1 comentários more...

diferentes circunstâncias.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under


 Mais do que ter sorte, é preciso saber escolher a hora certa pra tomar suas escolhas, afinal de contas, escolhas certas em momentos errados não valem de nada. e talvez nós dois tenhamos sido assim, você era a pessoa certa, eu que estava no momento errado, se pudesse voltar no tempo, eu não teria mudado minhas escolhas, acho que o tempo que deveria mudar, e não elas. Você era a pessoa certa, eu tinha as escolhas certas, o erro foi o momento em que tudo aconteceu, nos completávamos, tinhamos a medida certa, na hora errada, na minuto errado, no segundo errado...
no momento errado.
0 comentários more...

remember.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Eu ainda me lembro daquele abraço apertado no final da tarde chuvosa, ainda me lembro de nossas brigas bobas, ainda me lembro do seu sorriso quando estava irritada comigo, ainda me lembro de quando reclamava de mim quando eu estava com meus amigos, ainda me lembro das coisas mais simples, mais bobas, que no fundo era o que fazia nossa felicidade.
2 comentários more...

Hearley Davidson

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Nunca me atrai muito por motos mas as vezes da uma vontade de pegar uma Hearley Davidson e sai por ai meio sem preocupações, com o único objetivo de chegar num paraíso que pode ser ali na esquina ou do outro lado do mundo, da uma vontade de sair pela América e chegar logo nos EUA, da uma vontade louca de sair sem responsabilidades, procurando por algo que eu nem sei se quero encontrar...


#rapidinhas...


come with me on tumblr. (:
4 comentários more...

adrenalina extrema.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Vamos logo ao extremo, ao mais forte, ao mais fraco, ao mais doce, ao mais amargo, as emoções mais fortes, quero sentir a adrenalina correndo nas minhas veias, o medo estampado no meu olho, quero ter a sensação que te perdi para depois delirar ao saber que te ganhei novamente, quero chegar ao lugar mais alto para depois saltar e sentir como é bom ter emoções, como é bom ter medos, como é bom ter você aqui perto de mim...

"eu quero mais é ter histórias pra contar"
7 comentários more...

UK.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Após 9 ótimos meses em Paris ao lado de Bruni, precisava saber se ela viria ou não comigo, infelizmente seus pais o impediram de viajar ao mundo ao meu lado, então eu e Pedro saimos, subimos até Bruxelas e  depois para Amsterdam, conhecemos cada canto dessas cidades, já que estávamos bem financeiramente,  logo após fomos até Londres já que Pedro possuía ofertas de trabalho.
 Em Londres eu não tinha muitas opções de trabalho, não dominava o inglês com perfeição, e portanto não conseguia grandes trabalhos, mas isso não era um problema para nós pois Pedro trabalhava no Hard Rock Cafe como uma espécie de agente de turistas brasileiros, eu aproveitando a boa fase de meu amigo, aproveitei para conhecer a dentro Londres, cidade chuvosa, que remetia pensamentos tristes em minha memória, já que senhorita Rayovi não estava mais a meu lado. No sétimo mês em Londres eu entrei para um curso de especialização em cartoons, eu e Pedro havíamos decidido partir após o término deste curso, o destino? Itália e Alemanha.


Contos "Ainda era cedo..." 6 de 12
6 comentários more...

pensava em você.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

Ontem eu me deitei na cama, eu rolava e rolava, eu estava sem sono, minha mente era um turbilhão de pensamentos, pensava em você, pensava na vida, pensava nos momentos com você, pensavam em mim, pensava como você estava, pensava na família, pensava onde você estava naquele momento, pensava se você pensava em mim, resumindo tudo isso: eu pensava em você, tenho que confessar que esse tem sido um pensamento comum nos últimos tempo, eu penso muito em você, penso na suas atitudes, e não as entendia, mas eu sempre te respeitei, só tenho uma coisa a falar, eu te amo, isso basta ?!




via come with me on tumblr.
12 comentários more...

o gênio da paz.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 E se você ficasse metade da sua vida preso, como uma forma de calar você, qual seria sua reação ? certamente, muitos de nós nos conformaríamos com a situação, ele não, com muita coragem e com uma mente sonhadora ele se tornou um das personalidades mais reconhecidas no mundo, ele acabou com uma das maiores vergonhas da história da humanidade, ele criou a nação do arco-íris.

#personalidades que mudaram o mundo...#2


"Sonho com o dia em que todos levantarão e compreenderão que foram feitos para viverem como irmãos." Nelson Mandela
8 comentários more...

goodbye!

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Se hoje não demos certo, se nossos objetivos não eram os mesmos, não há muito o que fazer, cada um toca sua vida da melhor maneira possível, você segue seu caminho, eu sigo o meu e assim continuamos, a pular as pedras dos caminhos da nossa vida a nos encontrar nas esquinas e nos becos mais escuros, para relembrar os nossos melhores e piores momentos juntos, agora vá, sem mais delongas, eu irei seguir o caminho contrário do seu, o mundo da voltas, um dia vamos nos encontrar, goodbye ! 
10 comentários more...

por onde andei.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Eu queria poder estar ao seu lado em cada por do sol...
 Queria fazer de cada alegria sua, alegrias minhas...
 Sentar ao seu lado na noite enluarada, só pra ouvir histórias suas...
 Eu poderia te abraçar e te esquentar nas noites frias do inverno...
 Ou poderia te acalmar nas noites quentes do verão...
 Parece um sonho, um sonho do qual eu jamais queria acordar, todo esse encanto, toda essa magia, é quebrada em questão de segundos. me desculpe, siga seu caminho, a vida é cruel com os que tem medo de tentar.

"por onde andei, enquanto você me procurava, será que eu sei, que você é mesmo tudo aquilo que me faltava ?"
15 comentários more...

caminhante dos sonhos

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Ela saia cedo de casa, saia andando, cumprimentando desconhecidos, ela tocava as pessoas de um jeito especial, elas sentiam uma sensação diferente ao serem tocadas por ela, era uma menina de poucas palavras, mas que mostrava absurda facilidade pra falar em público, cativava  a todos em conversas informais, pouco se sabia sobre ela, não levava com sigo documentos, e as informações sobre seu passado eram inexistentes, como confiar em uma pessoa assim?, simples, ela dava algo que todo e qualquer ser humano necessita, carinho e atenção, e não cobrava nada por isso, ela não era uma ilusionista, usava um pseudônimo atrativo "caminhante dos sonhos"
11 comentários more...

never say never.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Nada pode nos abalar mais do que nossas palavras, nem mesmo nossos erros nem nossos inimigos podem nos fazer tanto mal...
As nossas palavras formam nosso caráter, formam nossa identidade, não podemos afirmar, nos comprometer com algo que haja a possibilidade de não se realizar no futuro, por isso devemos tomar muito cuidado com algumas palavras que soltamos ao vento, como o "pra sempre", e principalmente com o "nunca".
 Não podemos negar algo porque decididamente não conhecemos o dia de manhã, não temos a mínima noção de como será nossa vida daqui a um ou dois anos, por essa e por outros nós não devíamos falar frases do tipo
- Jamais ajudaria essa pessoa.
- Nunca  vou morar em outro país.
- Pode ter certeza que esse tipo de coisa eu não faço.
 Essas são frases extremamente comprometedores, e podem sujar nossa imagem e nos comprometer perante amigos ou família, por isso devemos sim ser pessoas de palavra, mas primeiramente usando o bom senso, e tendo em mente que o futuro é muito incerto.
10 comentários more...

somos jovens.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Somos todos jovens, que vibramos a vida e gozamos de uma liberdade que não sabemos se iremos ter daqui a 2 ou 3 anos, somos adolescentes "irresponsáveis" que saem de casa sem hora pra voltar e fazem de seus finais de semana eternamente memoráveis. Somos quase adultos, que em breve estaremos governando o mundo, salvando milhares de pessoas da morte ou jogando mísseis em países vizinhos. Somos nós, que vamos fazer desse mundo um paraíso, ou vamos acabar completamente com ele, coisa que vocês "senhores experientes" souberam fazer muito bem.
18 comentários more...

em meio a tempestade, equilibre-se.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Estava sozinho naquele oceano, aquela tempestade havia me derrubado de meu barco e naquele momento era eu contra toda força das marés, mas eu sabia que se tinha alguém que podia fazer algo por mim naquele momento era Deus, e para isso eu pedi segurança, confiança, e muita calma para sair daquela situação, eu enxergava meio aquela forte tempestade uma ilha a uns 300 metros de onde eu estava, então segurei meu fôlego, usei de todas minhas forças para chegar lá, e não consegui, pouco a pouco eu percebia que força da mente seria muito mais útil naquele momento do que a força dos meus braços. Eu estava desesperado, nadava desesperadamente e não traçando uma estratégia, quando me equilibrei obtive sucesso, cheguei a ilha.

Encontre o equilíbrio necessário entre a força da sua mente e de seu corpo, e assim você obterá o sucesso. 
11 comentários more...

l'amour à Paris ♥

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Depois de sair de Valência eu fui até Madrid, visitei museus e fui ao Rock in Rio Madrid, mas então coisas estranhas começavam a acontecer na minha viagem, Pedro estava comigo novamente, ele seria minha salvação pois eu não sabia falar francês e estávamos indo a Paris, ficaríamos la por quase 1 ano...
Em Paris eu e Pedro participamos de cursos variados, sobrevivíamos de cartoons feitos por mim e por pedro nas praças da capital francesa, pintávamos de tudo, desde pessoas até papagaios, eu fui aprendendo a falar o francês com o tempo, no segundo mês eu já conseguia me virar sozinho. Sempre que terminava os meus cartoons eu descia até o Cofee Petit, um tranquilo café francês, numa dessas minhas idas ao petit, conheci Bruni Rayovi, uma francesa com pais russos que vivia na capital desde seus 2 ano de idade, e então ela me levou a conhecer cada canto de Paris, cultivávamos uma linda amizade, não precisa falar que me apaixonei né ?
ela era perfeita aos meus olhos, apaixonada por cartoons e fotografia assim como eu, era uma mulher independente que mostrava força e delicadeza ao mesmo tempo, cada momento com ela foi inesquecível pra mim, quando eu iria pensar que uma jovem francesa, bem sucedida iria gostar de um brasileiro aventureiro como eu, pois bem, surpresas acontecem, no 9º e ultimo mês em Paris, passávamos todos os fins de tardes juntos, curtindo nossa duvidosa relação de amor e amizade, mas eu não podia mais ficar, precisava ir embora, tinha conseguido um dinheiro surpreendente com cartoons e estava rumo a Bruxelas e Amsterdam só para conhecer mesmo pois depois eu iria para o Reino Unido, queria saber somente uma coisa, se a senhorita Rayovi viria ou não comigo...

#ainda era cedo...#5
7 comentários more...

I ♥ REALISM

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 e você, também está cansado de ver pessoas hipócritas ? 
 A cada dia que passa, vejo cada vez mais pessoas sendo enganadas por filmes, novelas, e pelo mundo surreal das estrelas de Hollywood, e sim, sabemos que muitas pessoas fingem viver nesse mundo, e isso infelizmente acaba gerando infelicidades. muitas vezes pessoas que adotam uma postura semelhante a minha, são taxados de insensíveis e adjetivos do gênero, pelo simples fato de ver o que é mais claro, de analisar situações friamente não significa de forma alguma que há ausência de sentimentos, temos que aprender a diferenciar situações, acontecimentos, porque se formos analisar de forma ilusória faremos sempre o julgamento a nosso favor, vamos juntos, ver um mundo mais real, assim poderemos encarar proplemas sérios de frente, encontrar soluções genias e amar de uma forma bem mais sincera...
15 comentários more...

Hero: você espera por um herói ?

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Essa questão de herói é algo que devemos nos questionar...
 Se você idolatra um herói, ou heróis, e espera que ele faça algo pra nos salvar você se torna meio dependente disso, pra mim, só existe um grande Herói, Deus, e ponto.
 Claro que é importante e válido discutirmos sobre isso, mas é irritante que muitas pessoas falam, que idolatrar um super herói é tão importante quanto ter sonhos, NÃO !  isso não é verdade, você vai ter grandes dificuldades ao longo da sua vida, mas só cabe a você lutar pelos seus objetivos. isso é sério, não espere algo de um 'hero' sendo que você mesmo possa ir atrás, possa lutar por isso, ninguém vai lutar mais por suas vontades do que você mesmo.

pense nisso, voe alto. !
14 comentários more...

Hero: the war.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 E nós estávamos la, batalhávamos, honrávamos nossos valores, mas era uma guerra desigual. Nós estávamos quase morrendo e retirávamos forças sabe la Deus de onde, lutávamos como leões enfurecidos mas no fundo parecíamos insetos frágeis, e diante momentos terríveis, uma voz ecoava.
-"Continuem, um Herói está vindo nos salvar !!"
 Já não podia aguentar muito tempo de guerra, então eu desisto, vou voar alto com a águia que está passando ali ao lado, me segurar firme, e ter a experiência de quase tocar o céu, eu vou sair daqui, procurar algo que me agrade mais, é mais heróico do que esperar esse tal herói vir me salvar !

obs: pequena série que fala sobre "heroes", primeiro de dois posts.
14 comentários more...

esse que vos escreve.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Infelizmente eu me importo sim com que os outros pensam de mim, mas não é por isso que muda minha maneira de agir, esse é o meu jeito, Deus me fez assim, e assim vivo com minha família da melhor maneira possível, eu também me importo se minhas atitudes possam magoar alguém, por mais que isso não seja prioridade quando as tomo. tenho muito medo de como vai ser meu futuro, mas sei que só eu posso faze-lo e por isso tenho que ter responsabilidades. Tenho um medo absurdo do fracasso, mas para isso sei que vou trabalhar muito. Não vou mentir que desejo o dinheiro, mas tenho medo de não saber usa-lo da maneira certa. Uma das pouca certezas que tenho, é que farei qualquer coisa pela minha família, eles são o alicerce da minha construção, sem eles, meu mundo, minha casa pode desmoronar a qualquer momento.

estava na hora de escrever um pouco sobre mim...Já que hoje completo 16 anos.


11 comentários more...

sem medos, mais coragem.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

Por medo de perder, não arriscamos, não vencemos, não somos felizes como deveríamos. Já que uma coisa leva a outra, será que temos medo de ser feliz?, é um brilhante paradoxo para fazer você arriscar mais, ganhar mais, ser mais feliz.

#POSITIVE VIBRATIONS#3
16 comentários more...

casa na árvore e o brilho do sol.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 você já teve uma casa na árvore ? eu não... 
 Sim, agora esta tudo muito distante, eu desejo que tudo faça sentido mas no momento pouca coisa ou quase nada faz sentido, alguém pode dizer onde está minha culpa ? estou procurando ela faz umas duas semanas já. Alguém pode me ver aqui em cima ? ou melhor, você pode me ver aqui em cima ? estou mais longe do chão, me equilibrando na minha casa na árvore, estou mais perto do sol, mas me sinto tão  frio mesmo assim, ah talvez o problema seja esse não? vou continuar subindo então, quem sabe eu possa me aquecer mais e mais, para depois passar esse calor para você. eu senti falta das cores do mundo, aqui em cima tudo é muito calmo tudo é muito preto e branco, eu quero de volta o brilho do sol, eu quero de volta o encanto da melodia, as cores da natureza, mas pra isso, eu preciso do encanto que só você me traz, me responde vai, é dificil me ver aqui em cima? porque se for, me avise, eu desço em dois minutos, e descobriremos juntos o brilho do sol.

obs: O come with me agora está com novo layout, deixe sua opinião primeiramente sobre o post, e depois diga o que achou do novo visual do Blog.
22 comentários more...

sangue latino.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Eu Havia conseguido uma boa quantia em dinheiro com meus trabalhos na Ilha da Madeira, o suficiente para eu e meu amigo Pedro nos aventurarmos rumo a Valencia.
 Não perdemos muito tempo e saímos de Lisboa com minha moto, com muitas festas e novas amizades no interior da Espanha até chegarmos em Sevilla, por lá ficamos 2 semanas, até descermos até Malaga, onde Pedro conheceu Rose, e ficou por lá por um tempo, eu estava sozinho novamente, mas continuei e fui até Valencia, e claro la fiquei por quase 7 meses, muitas aventuras, conheci pessoas inesquecíveis, o sangue latino dos espanhóis e espanholas, fez de minha passagem por Valencia i-n-e-s-q-u-e-c-í-v-e-l, morava sozinho em um apartamento a duas quadras do mar, e aproveitei muito as noites da cidade, fui a shows memoráveis como o do Coldplay. de fato meus 7 meses nessa cidade foram
memoráveis, mas eu NÃO podia parar, peguei minha moto e estava pronto para largar Valencia, iria para Madrid, no Rock in Rio Madrid, e depois ? A depois eu iria deixar todos os meus desejos me guiar, não tinha um lugar definido. 

#ainda era cedo...#4


Depois de um tempo sem postar novos capítulos, então esta aí, o quarto capítulo da saga.
12 comentários more...

ultimas horas.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under


 Durante algum tempo procurei ler relatos e ver filmes que falavam sobre o corredor da morte, aquela angustiante espera pela morte na cadeira elétrica que ocorre em alguns estados americanos como o Texas, e agora escrevo aqui a carta de um personagem FICTÍCIO, John Elmifer.
 Nem sei porque estou fazendo isso essa hora, já estou na sala de espera, faltam menos de 12 horas pra eles me chamarem para aquela sala que eu nem imagino como seja, estou a espera de meus familiares, ao menos aqueles que lembram de mim, talvez alguns amigos da escola possam me ver pela última vez também hoje, nesses momentos angustiantes pelo qual estou passando fico escrevendo para me sentir mais leve, a final não há muito mais o que fazer, cometi erros, fiz familias chorarem nesses meus 37 anos de vida, e agora eu mesmo coloco um ponto final em minha vida, um ponto final que eu não dei a opção das minhas vitimas colocarem. Sinto-me muito triste não há muito o que fazer agora, não vou chorar, peço desculpas as mães que eu fiz chorar, e dizer que agora eu estou pagando, pagando por tudo o que eu fiz, me desculpem, eu não pude valorizar as chances que vida me deu, acabei roubando chances de vida que foram bem aproveitadas, não há mais tempo. um abraço, eu estou indo !
#CARTAS#2
obs: Os fatos descritos aqui são totalmente obras da ficção, e sobre ele e seus personagens não se retira opiniões e sentimentos do autor, obrigado.
15 comentários more...

instinto.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Vamos passar por momentos de muitas e exaustivas turbulências daqui pra frente, quando eu não puder te ajudar, e aquela velha dúvida bater "devo ouvir a razão ou coração ?", não tenha dúvidas, não pense duas vezes, e deixe seu instinto te guiar.
10 comentários more...

sempre comigo.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under


 Eu não me conformo com essa notícia que você me deu até agora, tentando me segurar, me fazer de forte eu tento te mostrar o quanto eu gosto de ti, o quanto a tua amizade é importante, eu nem sei como falar, o que dizer, só sei o que eu sinto, sinto que eu fiz muita coisa por você sem esperar nada em troca, mais você me deu, companheirismo, confiança, brigas e tudo o que eu precisava, por isso agora, saber que você esta saindo logo ali, dói e dói muito. você não me ensinou o "verdadeiro valor da amizade", muito pelo contrário você me proporcionou uma das amizades mais loucas e mais incríveis que eu já tive, a distância vai nos separar um pouco, mas saiba que as lembranças de todos os momentos eu vou levar sempre comigo.

25 comentários more...

ao menos por enquanto.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

Ei você ai, o que pensa, o que passa por seus pensamentos ? quando eu te disse que era pra levantar e sair desse quarto escuro, não era pra sair correndo. sim, pois normalmente quem sai correndo sem nunca ter caminhado, cai, e cai tombos feios. ei você se saiu do teu quarto agora, espera, tem muita gente caminhando, correndo a muito mais tempo do que você, então tenha calma, nada do que eu fale vai te ajudar muito menos mudar suas atitudes. é importante você ter noção, que todos nós precisamos ter calma, agir com responsabilidade e aprender com os nossos erros, só quero que saiba, que quando você cair, eu estarei por perto e vou te levantar, ao menos por enquanto eu estarei por perto, ao menos por enquanto eu vou continuar te amando...
 ...ao menos por enquanto, isso tudo não vai durar para sempre.
18 comentários more...

mundos paralelos.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Vivemos dentro de nosso mundo, e esquecemos dos vários mundos paralelos...
 Cada um tem o seu dia-a-dia, o seu cotidiano, os seus problemas, cada um vive os seus sentimentos, a grande verdade é que cada pessoa escolhe a maneira de viver que mais se encaixa em suas necessidades, pensando dessa forma cometemos alguns erros graves. Nos despreocupamos com os mundos e sub-mundos paralelos de nosso cotidiano, quer um exemplo? você pode passar 1 ano pro uma rua deserta, e é possível que nunca houvesse observado que nessa rua sobrevive uma família de moradores de rua, não paramos pra pensar nas dificuldades que nossos semelhantes ultrapassam, deveríamos ver mais além da nossa bolha de vidro em que vivemos, esquecemos que nossos problemas são relativamente pequenos se comparados a fome, a miséria que boa parte do mundo tem que conviver diariamente, esquecemos que existem pessoas que não tiveram a oportunidade ter o apoio de suas famílias, não por opção, e sim porque perderam seus pais muito cedo. Por isso não vai lhe custar nada parar pra observar ao menos uma vez na vida a grandeza do mundo em qual vivemos, você verá que ele é muito maior que seu quarto, muito mais doloroso que seus problemas, muito mais encantador do que você pensa, pense nisso !

  Se você não entender os problemas do mundo, não vai conseguir solucionar os seus...


Esse post faz parte do projeto do blog para contribuir para "O mundo em um dia.", campanha do youtube que visa mostrar o dia-a-dia do mundo. 24/07/2010


O Mundo em um dia no youtube.
30 comentários more...

anoitecer.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under


E nós não podemos parar, por mais que tudo pareça perdido, siga em frente, há sempre uma luz no fim do tunel...

...uma lua ao chegar o anoitecer.

#rapidinhas#3

ps: agradecer todos os comentários no post de 6 mesmo, valeu mesmo !
12 comentários more...

6 meses de blog e algumas novidades.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Sim, Hoje dia 20 de julho de 2010 o come with me completa 6 curtos meses de existência, e como ele foi meu primeiro blog, eu também completo 6 meses como blogueiro, sem muito blá blá eu queria falar sobre algumas coisas que aconteceram aqui e que foi muito gratificante pra mim, outras nem tanto.
 A 6 meses atrás eu escrevia meu primeiro post sobre um tom revoltado de quem não fazia um blog para os outros e sim para eu ler, sobre meu ponto de vista em relação a diversos assuntos, pois então, 6 meses depois eu reconheço que mudei de opinião. Continuo claro escrevendo pra mim, tudo o que está no arquivo do blog é meu ponto de vista sem interferência alguma, mas hoje eu me preocupo com os que lêem meu blog, e claro procuro sempre analisar e responder todos os comentários. Quanto a algumas pretensões para o futuro do blog, eu destaco que irei falar sobre alguns temas polêmicos sobre os quais eu ainda não postei nada como por exemplo "coloridos" e "vestibular" que serão 2 dos temas que eu estarei falando nesse segundo semestre, também acrescento que já tenho alguns posts prontos e que em breve eles estarão a disposição no blog. Em breve também um novo layout para o blog.
 Me referindo a algumas novidades, eu anuncio meu quarto blog, claro que esse aqui sempre será meu blog numero 1 no qual eu dedicarei a minha maior parcela de tempo, porém esse quarto blog chega de uma forma especial pra mim, a equipe do Blog senta lá...é formado pelo @jeaneuflausino e pelo @alissoncostam, nesse blog a gente falará exclusivamente sobre videos do You Tube, tanto os que fazem grande sucesso, quanto aqueles que definitivamente não precisavam estar lá, enfim, visitem o blog e confiram os novidades.

Agradeço a todos os leitores por tudo o que ja houve de bom nesse blog !
12 comentários more...

rebels.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under


 Não seja um alienado, não se contente com pouco, não seja repetitivo, confuso, mostre força em seus argumentos nem que para isso você precise viajar a América, não se coloque limites, acredite que você pode chegar longe, seja objetivo, sincero, justo e honesto, essas são as melhores bases, a sociedade como um todo não precisa de acomodados com o sistema...

... precisa de rebeldes.


"Lutam melhor os que têm belos sonhos." 
Ernesto Che Guevara.
#personalidades que mudaram o mundo...#1
16 comentários more...

e eu me pergunto...

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under


 Brigamos, nos reconciliamos, brigamos e nos reconciliamos novamente, entre uma briga, um afastamento e outro a gente pensa "um dia ainda vamos rir muito de tudo isso." e eu me pergunto, porque não fazer tudo isso agora ?
11 comentários more...

1 ano na Ilha da Madeira.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Então, não havia muito o que fazer mais em solo americano, eu deixava os EUA com minha mochila claro, e com 3875 dólares que havia conseguido jogando poker em Las Vegas, eu subia rumo ao Canadá.
 Quando cheguei em Vancouver, já era dia 22 de dezembro e eu tinha que tomar a importante decisão de ir ou não para o Brasil nas festas de fim de ano? o meu instinto aventureiro falou mais alto, e eu passei meu natal e reveillon em grandes festas em Quebec, minha vida no Canadá não fazia muito sentido, eu já tinha gastado quase todo meu dinheiro e quando sem emprego e sem amigos, decidi voar rumo a Lisboa.
 Ao chegar em Lisboa passei a noite em um alberg por lá mesmo, mas 2 dias depois uma proposta de emprego que mexia com fotografia me fez ir morar na Ilha da Madeira, e lá fiquei tirando fotos por 1 ano, comemorei meu aniversário de 22 anos lá, mas eu não podia parar, eu já estava de saída, comprei uma moto, e logo logo estaria chegando na agitada Valencia. minha vida novamente estaria de pernas pro ar...
 Quando eu achava que não haveria mais surpresas, Pedro meu grande amigo que dividia o apartamento comigo em Florianópolis chegou na Ilha da Madeira, é, ele seria meu primeiro acompanhante nessa louca aventura.

#ainda era cedo...#3

texto em primeira pessoa.
11 comentários more...

um piano desafinado.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Agora eu vou dar alguns passos e me sentar naquele banco que se posiciona a uns 10 metros de mim...
... e vou continuar ali, sentado, tocando notas musicais em um piano meio desafinado, mais ou menos errado, mais ou menos parado, você vai passar,  o sol vai raiar, a chuva vai cair, vou estar ali, mais ou menos parado, sem sentido, talvez sendo ignorado, não posso parar, não poso me dar ao luxo de você passar por ali e eu não estar ali estagnado, eu ainda acredito, talvez eu sonhe esta noite, talvez não. Os gritos ecoam as paredes desse lugar, acabam com memórias, transformam vidas em números. E eu sigo ali, tocando notas, mais ou menos errado, mais ou menos parado. Se quiser fazer algo por mim, só me olhe, quando em uma dessas vezes você passar, olhe e verá algo além de um homem e um piano...
...e eu ? não posso parar, pensei que já tinha te falado isso, eu sigo aqui, mais ou menos parado, talvez sendo ignorado, tocando notas em um piano desafinado.
17 comentários more...

life show.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 e o show não pode parar, não pode parar...
 Nós não nos ligamos muito, e várias vezes situações da nossa vida nos passam despercebidas. A nossa vida é um grande show, precisamos atuar, cantar, contracenar com vilões, ser mocinho, ser vilão em várias situações.
Necessitamos  estar preparados para todos os papéis que vida possa nos fazer desempenhar, precisamos estar preparados para faltas de luz, público frio e todas as demais adversidades que um show pode trazer, portanto nossa vida é um show que não permite ensaios, vamos sempre em busca da perfeição. O show não pode parar...
7 comentários more...

é mais alto.

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Sabe aquela história de quanto maior o salto, maior a queda ? 
 Então esqueça tudo isso, isso não é verdade, isso é conversa de pessoas derrotadas, é algo desmotivante que não deve ser levado a sério. Isso induz você a não tentar a não arriscar. Por isso faça tudo ao contrário, aposte no improvável, busque grande sonhos, arrisque no que parece ser mais difícil de acontecer, pois quanto maior o salto...
...mais alto você pode chegar.
9 comentários more...

walking

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Quando você se sentir acuado e os fatos parecerem não fazer sentido, não pare. Se você sentir suas pernas tremerem, e por um momento se sentir fraco, não pare, seus pés sabem todo o caminho, ida e volta. Se o ar parecer faltar, respire fundo, tenha calma, faça seus pensamentos voar. Mantenha suas bases, sãos os pés firmes no chão que começam todo salto.Se a luz se apagar, faça valer suas ideias para iluminar. Por isso absorva criticas, elogios, ofensas e abraços, e continue sempre...

... andando em passos largos.
19 comentários more...

mirror

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 Gastamos grande parte do tempo de nossas vidas, procurando a pessoa que consideramos ideal para levar uma vida a dois, que entenda nossos erros, nossas limitações e procure valorizar nossas qualidades, pois bem, e se eu te falar que só encontraremos essa pessoa depois que compreendermos a pessoa que vemos no espelho todo dia ?!?!
ame ♥ você
#rapidinhas#2
18 comentários more...

BRAZIL 1 X 2 HOLLAND

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under


okay, okay, perdemos, oh que trágico. por favor, parem de fingir que se importam. que tipo de benefício traria um título de copa do mundo pro brasil? n-e-n-h-u-m. é, caros ignorantes torcedores, nenhum. um hexa-campeonato não traz investidores, nem melhora o saneamento básico, nem combate a fome, ou seja, não faz merda nenhuma no país. aliás, faz sim, sabem o que?
 ..enquando o brasil (ingênuo brasil, tsc tsc tsc) estava vidrado em suas televisõezinhas vendo o jogo, jogo que diga-se de passagem, era certo que perderíamos (com uma escalação assim não dava pra ganhar), a câmara de senadores suspendeu a lei da ficha limpa para o senador heráclito fortes. pois é, torrrrrrcedor brasileiro! enquanto todos estavam se preocupando com o cartão vermelho do felipe melo, enquanto todos estavam ansiosos por uma vitória inútil, um senador tem a concessão pra se re-candidatar. isso é um reflexo no nosso país, um ladrão sem punição a mais pra nos roubar, nos extorquir. que beleza, não? é a situação perfeita! “entretam as massas e se aproveitem dela”. “reajustes salariais”, “brechas na lei”, tudo isso é só o começo do que está por vir com o mundial de futebol da fifa e as olimpíadas pro brasil.. ou vocês realmente acham que todos os milhões do orçamento, todos os bilhões arrecadados serão usados exclusivamente para as obras? quantos milhões não estão sendo desviados? quantos não vão ser até e depois a realização dos jogos? não culpemos o povo brasileiro por sua falta de instrução, e diria até, ignorância. culpemos o brasileiro por sua comodidade. isso mesmo, é cômodo não fazer nada. é cômodo não trabalhar e sair mais cedo da aula, por que como diz minha professora de história, “o brasileiro, quanto menos sabe, mais feliz está.”, e é a pura verdade. bastam as palavras “amanhã não tem aula” pra que qualquer classe escolar solte um profundo “êee”. o que é isso? prazer em ser burro? abram seus olhos, que isso! é única e exclusivamente por isso que o nosso país tá indo pra frente! exato, pra frente, em direção ao abismo. estamos nos enterrando cada vez mais na ilusão de que quanto mais pobre ou mais feio é um presidente, melhor ele vai ser. eventos, bolsa esmola, tuso isso serve só pra nos distrair enquanto eles nos roubam. outra, todo mundo fazendo drama por que perderam, colocando brasil ‘<3’ nos subnicks, por favor, não sejam falsos. é exatamente o que estão sendo. quando é pra melhorar, pra ajudar, são absurdamente negligentes com o brasil. soltam um “brasil de merda” com a boca cheia quando decidem não emendar o feriado, mas falam “o brasil é o melhor do mundo” com o peito estufado quando o nosso excelentíssimo presidente molusco vem falar que vai aumentar a verba pro maldito bolsa esmola. eu sei que tem muita gente que precisa, mas alô, essa não é a solução. dar comida processada na boca de um bebê não vai ajudar no crescimento dos dentes. estão atrofiando as nossas mentes com falsos privilégios e vocês estão retornando com falsos orgulhos. o mundial e as olimpíadas vão ser bons pro brasil? vão, pros ricos, que são a minoria da população. vai gerar empregos? vai, pros que tem estudo, que falam inglês, que sabem se portar. pros inteligentes, pros esforçados, sejam ricos ou pobres, e não para um bando de vagabundos acomodados. já passou da hora do brasil acordar e ver que não somos essa maravilha, que o mundo lá fora é maior e mais selvagem do que pensamos, que eles não tem pena e muito menos admiração por nós. revejam suas prioridades, e entendam que esse ano nós temos a chance de mudar o rumo da nossa história, escolhendo ente alguém com capacidade de governar um país e alguém que só vai nos fazer ficar cada vez mais cegos e desdentados com uma papinha insossa nos dada na boca e nos fazendo aceitar como se fosse escargot. acordem pra vida brasileiros, esse é o ano da mudança, parem de fingir que se importam com um título inútil e prestem atenção no que realmente vai mudar algo em nossas vidas. mundial é bom pros jogadores, é bom pra televisão, é bom pros nossos cérebros alienados tão acostumados a receber informação podre e inútil que talvez não consigam mais digerir algo inteligente. vamos provar pro mundo que podemos ter uma condição melhor, e não que somos os melhores no futebol, por que aparentemente, não somos. eu sinto muito pela derrota do brasil, porém talvez sirva pra algo, talvez depois dessa nos conscientizemos. lhes peço, lhes imploro, abram seus olhos. é o meu futuro também que está em jogo, e não é contra a holanda.

texto por Louise Radtke do PANDORA'S BOX.

os pensamentos expressados acima nesse brilhante texto, são compartilhados da minha opinião, também penso no meu futuro, também acho que devemos mudar nossas prioridades. valeu lou ♥
13 comentários more...

era uma pessoa cativante

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

 E assim ele partiu, com alguns trocados no bolso, levando em sua mochila mais do que roupas, ele levava sonhos, levava esperanças, e assim ele partiu...
 Chegou aos EUA, conheceu importantes lugares, ele era jovem tinha 21 anos, mais possuía brilhantes ideias, era uma pessoa cativante, logo ganhava quantias significativas em dólares e ia levando a vida, foi a Las Vegas, jogava o Poker por prazer e foi descobrindo que isso poderia lhe trazer um bom dinheiro, ele já tinha passado por lugares importantes, conhecido pessoas. As estações mudavam e ele completava 3 meses em solo americano, era hora de partir, era hora de viajar.

era hora de continuar sonhando...

#ainda era cedo... #2

texto em terceira pessoa.
15 comentários more...

HOPE

by Alan Medeiros on Nov.22, 2009, under

Hoje meu primeiro projeto de parcerias com minha amiga Islla do What you want?.
Esperança que todos dizem sempre a última a morrer! Então não desacredite, nem tudo está perdido, para TUDO no mundo tem solução.
A única coisa que mata um ser profundamente é a falta de esperança. Que isso, acordem. Cada um poderá fazer sua parte. E então, cadê os olhares verdadeiros? Amizades sinceras? A mim e a muitos ainda é cabível a esperança profunda, creio em alguém superior a todos os seres humanos, e esse alguém, aquele que nunca falha, não mata minhas esperanças de algo melhor para o mundo.
Já diria alguém com sabia esperança: “eu sei que o amor não é pra sempre, mas você tem que entender que amar, é ter esperanças.”.
E o amor que nos contagia, alimenta a nossa esperança e mesmo com o abismo perto, acredite, ainda haverá solução.
POR Islla Lopes do "What you want?."

Andamos reclamando de tantas coisas, chega a um ponto em que pouca coisa nos agrada, e não podemos atribuir isso ao fato de sermos positivamente ambiciosos, devemos atribuir as nossas cobranças exageradas. você reclama por acordar cedo, por não conseguir cumprir prazos, por ter pouco dinheiro, por não poder sair, por não estar com as pessoas que você gosta mais tempo. HEY vamos começar a agradecer mais, agradeça por acordar, agradeça por viver, agradeça por ter esperanças...


..é o que há.



12 comentários more...
Tecnologia do Blogger.

Ads 468x60px

About Me

Minha foto
Estudande de Publicidade e Propaganda do primeiro periodo na UNIVALI-SC.

Blog and Web

Blogger Templates

Featured Posts

Looking for something?

Use the form below to search the site:

Still not finding what you're looking for? Drop a comment on a post or contact us so we can take care of it!